Tudo que é pé de conversa tem o seu dedo de prosa!

Este recanto tem a obra dos maiores Poetas do mundo!

terça-feira, 8 de março de 2011

8 DE MARÇO O POEMA


8 DE MARÇO O POEMA
Merlânio Maia

Hoje é oito de março
Não é um dia qualquer
Dia Internacional
Da mulher, pois ser mulher
É ser o útero do mundo
É um aconchego profundo
Divino calor, queimarço...
Dia Internacional
Da mulher especial
É hoje o OITO DE MARÇO

No dia oito de março
Do ano mil e oitocentos
E cinqüenta e sete foi
O ápice dos movimentos
Libertários das mulheres
Lutavam contra os deveres
Em estafantes jornadas
Dezesseis horas por dia
Que a fábrica exigia
De suas faces suadas

E naquele oito de março
Em New York há alarido
As mulheres já em greve
Fecham fábrica de tecidos
Querem menores jornadas
De trabalho e são trancadas
No ambiente fabril
E como se fosse um jogo
Simplesmente ateiam fogo
Numa crueldade vil

O fogo destrói a fábrica
Queimando as tecelãs
129 delas
Não terão mais amanhãs
Mas seus ideais buscados
No fogo são inflamados
Vencendo no seu mister
E a sua dignidade
Muda toda a humanidade
Viva a força da mulher!

Mulher que dá vida ao homem
Que nos ensina a falar
Nos mostra os primeiros passos
E nos ensina andar
Seus braços, porto seguro
Seu seio de leite puro
Seu ventre arrebatador
Que dá-nos prazer e vida
Sua beleza incontida
É a pura estética do amor

Por isso é oito de março
Um dia especial
Já que ele representa
O dia internacional
Da mulher, mulher, mulher...
Que quando deseja e quer
Ao homem ampara e conduz
É a potencia sem fim
Que Deus construiu assim
Exemplo da sua Luz!

Mulher que inventou família
A criadora do lar
Sensibilidade infinda
Clarividência sem par
A Paz, carinho e ternura
E a segurança mais pura
Nosso anjo protetor
E é pelos carinhos seus
Que entendemos que Deus
A fez a essência do Amor

Não há jóia mais bonita
Mais cara, mais primorosa
Nem há flor que a represente
Nem margarida, nem rosa,
Não há nada que a imite
A mulher não tem limite
Nada iguala aos dotes seus
Oito de Março nos diz:
O homem só é feliz
Com esta jóia de Deus!

2 comentários:

poetisa disse...

Parabéns poeta!...por essa homenágem feita a mulher,me faz sentir uma rainha com esta obra poética!...

wilton prof disse...

DIA INTERNACIONAL DA MULHER

Oito de março é o dia
De falar ainda mais
Da tamanha alegria
Que você mulher nos traz
é fonte de inspiração
Para a mais bela canção
Que o talento humano faz

Relembrando um dos motivos
Para essa data existir
No ano de 17
Muita gente pode ouvir
Que uma revolução
Na Rússia por condição
Acabara de eclodir

Bem essa revolução
e suas indumentárias
Começou com o levante
De um grupo de operarias
Que diante a repressão
Deram a maior lição
Das ações humanitárias

A revolução na Rússia
As mulheres começaram
Saíram e m caminhada
Só o que elas cobraram
Foi o bem de sua terra
E o fim daquela guerra
Que os homens começaram

Mas o inesperado
Ocorreu naquele dia
Pôs a aquela comoção
Que aquele grupo fazia
Tornou-se primeira ação
Da grande revolução
Que enfim começaria

Elas levaram as ruas
seu desejo de mudança
A força de vontade
e sua grande esperança
De não ser descriminadas
E de enfim serem tratadas
Com a justa semelhança

Sabe-se que um a data
É pouco para tal feito
Pôs foi com suor e sangue
E pelo mais puro jeito
Que a mulher atualmente
Conseguiu finalmente
Conquistar o seu direito

O voto a educação
O direito a trabalhar
Fora sempre longe dela
De outro patamar
No passado sua ação
Era só ter a ação
De ser a dona do lar

Mas a história nos mostra
Algo de muito mais viso
Pôs o lugar da mulher
Não foi de ser submisso
Todas as grandes cantoras,
Cientistas e escritoras
São provas de tudo isso

Toda e qualquer mulher
É por nos tão importante
Seja a dona de casa
Na sua luta constante
Ou a atriz famosa
A rica a poderosa
De imagem exuberante

Elizabhete I
Foi rainha e governante
Tantas outras Como ela
Foram de voz importante
Tanto homem quanto mulher
O sucesso que tiver
E o esforço que garante

Não a fama nem riqueza
Que traduz o seu valor
Mas por ser a mais perfeita
Das obras do criador
A mulher é na verdade
Exemplo de amizade
Companheirismo e amor

Vou dizer o que eu penso
Entenda como quiser
Deve ser todo momento
Não uma data qualquer
E digo com alegria
Que todo dia e dia
De admirar a mulher

Para mães e para irmãs
Amigas e namoradas
Esposas e também sogras
Vizinhas também cunhadas
Felicito esse seu dia
Por sua luz e harmonia
Sintam-se parabenizadas
Antonio Wilton da silva